Uma vez

Mestre Itamar - Capoeira Senzala

Uma vez

Perguntaram a seu Pastinha
O que é a capoeira
E ele,
Mestre velho e respeitado
Ficou um tempo calado
Revirando a sua alma
Depois respondeu com calma
Em forma de ladainha

A capoeira é um jogo
É um brinquedo
É se respeitar o medo
E dosar bem a coragem

È uma luta
É manha de mandingueiro
É o vento no veleiro
É o lamento na senzala

É um corpo arrepiado
Um berimbau bem tocado
O riso de um menininho
Capoeira é o vôo de um passarinho
Bote de cobra coral

Sentir na boca
Todo o gosto do perigo
É sorrir para o inimigo
Apertar a sua mão

É o grito de Zumbi
Ecoando no Quilombo
É se levantar de um tombo
Antes de tocar o chão
É o òdio
É a esperanc_a que nasce
Um tapa explodiu na face
Foi arder no corac_ão

Enfim aceitar o desafio
Com vontade de lutar
Capoeira é um pequeno barquinho
Solto nas ondas do mar

Capoeira é um pequeno barquinho

Solto nas ondas do mar


È um barquinho que vaga peregrino

Solto nas ondas do mar


Capoeira de Angola é de mansinho

Solto nas ondas do mar


Undervisning


Herunder finder I de midlertidige træningstider under corona genåbningen, gældende fra 18. maj 2020.


Mestre Steen


Mestre Espiga (Benjamin)


Mestre Camarão (Pelle)


Contra-Mestre Raio (Nickolas)